O vereador Carlin recebeu na última quarta-feira (15/06) o título de Cidadão Honorário de Conceição do Mato Dentro, cidade na região central de Minas, na parte oriental da Serra do Cipó. 

A honraria que aconteceu na Câmara Municipal foi concedida pelo vereador e professor Sidnei Seabra, conhecido como Sidinei das Três Barras e contou com a presença do presidente da câmara Wander do Laim, vereadores João Marcos, Gleicierrez Martins, Claudinho Ziriguidum, vereadora Dayse Picão e do prefeito e vice-prefeita José Fernando e Ivete Ottoni.

Para o vereador Sidinei,  conceder esse título a Carlin é uma honra para Conceição. De acordo com ele, “Carlin é um exemplo na gestão social com um empenho singular.” 

Carlin, que agora é cidadão conceicionense, agradeceu o título ao vereador Sidinei, que ele conheceu ainda na época do ensino médio, na época do professor Gaby Clauss, e falou de como uma boa política e uma educação de qualidade são emancipacionista. O vereador relatou ainda, uma audiência pública na comunidade de Três Barras em que participou quando era deputado, onde conheceu Sidinei.  Carlin explicou que do aprendizado nessa comunidade nasceu em Minas Gerais a melhor lei de políticas públicas para comunidades tradicionais e do patrimônio vivo e imaterial.  “Eu tive a honra de ser o autor dessa legislação, mas eu fui simplesmente um porta-voz daquilo que eu aprendi aqui nessa comunidade”, enfatizou.

O vereador aproveitou a ocasião e fez uma homenagem às mulheres de Conceição através da sua mãe, Isis Moura, a Dona Fiotinha que nasceu na cidade e hoje está com 98 anos. Ele relembrou também, sua trajetória de vida com outros cidadãos concencionenses, como Dom José Maria Pinto, conhecido também como Dom Pelé, o desembargador Hebert Carneiro, que foi fundamental para a construção do novo Fórum de Contagem e o desembargador do TRT/MG Ricardo Marcelo, dentre outros.

Carlin chamou ainda a atenção para o brilhantismo do desenvolvimento cultural e educacional na cidade e encerrou com uma reflexão e um agradecimento: “Toda pessoa é substituível naquilo que faz, mas ninguém é substituível naquilo que é. Os conceicionenses são insubstituíveis e hoje tenho orgulho de fazer parte da família conceicionense, sou conceicionense com muito orgulho. Muito obrigado e que Deus nos abençoe!”.

Assista ao agradecimento de Carlin:

Assista a solenidade: